Reticências …

Em jeito de dar notícias cá estou para um desabafo pós cirúrgico…   Entre reticências (adoro-as! Adoro o poder que têm de não definir concretamente um pensamento…tudo muda a todo instante…ainda bem!…diria a borboleta 🙂 ) tentarei descrever os sentimentos … Continuar a ler

Keep on Going

Hoje recebi uma enorme lição da minha Juju… E, contando inspirar outras vidas, resolvi partilhar aquilo que vai aqui por dentro… “…o trabalho dignifica o Homem!” …já dizia o Meu guru maior -o Meu pai! Tenho tentado voltar, reaprendendo tudo … Continuar a ler

A Última Página – Vovó Estrelinha

ultima

Esta é a última página do livro Vovó Estrelinha…
.

…foi a página mais difícil de ser pintada… é a ilustração da Vovó Estrelinha, depois que partiu para a sua missão…na verdade é como eu imagino que ela esteja: feliz, a piscar os olhos para nós sugerindo que estará sempre ao nosso lado…

.

A história real por trás da ilustração é belíssima…Vovó Ane em vida pediu aos seus filhos e marido que pousassem as suas cinzas no mar da sua terra natal…

Foi um momento muito emotivo, sereno e com uma energia fantástica!

.
Em Fortaleza, na praia da Beira Mar, tal como a Vovó Ane idealizou, as suas cinzas foram pousadas, juntamente com rosas brancas no mar…

.
Tentei reproduzir toda a paz que se assistiu naquele momento impar…

Foi impossível para mim não chorar pintando esta página…eu tive saudade…ao mesmo tempo senti uma paz interior, como se estivesse recebendo o colo que ela sempre me deu…

As Coisas que Caem dos Olhos

img_2290

“PLIM…PLIM…Lágrimas. Imaginem vê-las cair dos olhos, e que dentro está a vossa mãe com rosto de menina, acariciando os cabelos, ajeitando-os atrás de uma orelha. Imaginem que veem dentro delas os rostos e os lugares da vossa vida…as montanhas, com os céus cortados, autoestradas e passagens desniveladas, e árvores que nadam na água salgada de pequenas lágrimas. E rebentam no chão, salpicando tudo à volta. Para não mais voltar. Tudo transbordou dos diques dos olhos, e escapou.
Para sempre. Como a história que está para começar.”

(In Prólogo, As Coisas que Caem dos Olhos)

Festival de Brigadeiro

 

 

briga

 

As páginas do livro da Vovó Estrelinha são relatos pintados de grandes momentos passados em família…o Festival do Brigadeiro na escola aconteceu mesmo! 🙂

Como todos os outros momentos especiais contados no livro… é a arte imitando esta vida feliz de crianças que tiveram (e continuam a ter!) a oportunidade de partilhar momentos especiais das suas vidas com as pessoas que mais amam…

…são crianças felizes, com certeza…e que aprenderam muito bem a maior lição das suas vidas: SER FELIZ deverá ser a nossa condição primordial para estarmos aqui usufruindo da maior prenda que recebemos: a VIDA!…

…E que venham muitos mais Brigadeiros!

brigadeiro

 

Fuxico

Nas guardas do livro Vovó Estrelinha encontramos um ícone do artesanato, muito apreciado pelas avós: Fuxico! Fuxico é um pedacinho de tecido cortado em círculo, costurado na pontinha, bem apertado formando uma espécie de florzinha… Eu cresci vendo florescer, em … Continuar a ler

Discursos de Lançamento – Drª Joana Mesquita (Psicóloga Clínica)

Memoria   Amar o perdido Deixa confundido Este coração.   Nada pode o olvido Contra o sem sentido Apelo do Não   As coisas tangíveis Tornam-se insensíveis À palma da mão.   Mas as coisas findas muito mais que lindas, … Continuar a ler

Lançamento Vovó Estrelinha

“O lançamento do livro Vovó Estrelinha aconteceu no sábado, dia 18 de fevereiro, na Livraria Bertrand no Fórum de Aveiro. Foi uma tarde de emoções com a sala cheia e uma apresentação com direito a detalhes e pormenores sobre como … Continuar a ler

Discursos de Lançamento – Vera Ximenes

Nada é tão certo na vida quanto é a morte…   Eu ainda me lembro quando perdi o meu avô paterno…eu era tão pequenina, ficava entre os adultos ansiosos, desconfortáveis…olhava de baixo para cima –gigantes com lágrimas nos olhos, e … Continuar a ler

Arte a flor da pele

Arte a flor da pele… Não existe a morte…existe o renascer transformado, feito fênix das cinzas levantada… Fotografia: Daniel Ribau  Tatoo: Sara Raquel (SublimeVilla Aveiro)