SE TOCA!

  …não..eu não gosto de lembrar daqueles momentos aterradores…mas sim, eu quero fazer parte da corrente de milhares de vozes de outras mulheres, que tal como eu, sobreviveram ao cancro da mama… e seguem firmes gritando numa só voz, aos … Continuar a ler