Ser Mãe de Borboletas


IMG_5852

…O câncer é uma parte ínfima da minha vida…

O Amor e a Maternidade são os maiores combustíveis da minha felicidade, as razões dos meus melhores sorrisos… 🙂

A minha história é muito maior do que a doença que me interrompeu a vida neste ano de 2015…

…E eu já sou feliz há tanto tempo… 🙂

E é tão possível ser feliz, quando somos nós os regentes dos nossos sentimentos e vontades… 🙂 Por isso partilharei convosco as delícias que encontro no amor, na amizade, na maternidade, na gentileza…Provando que é possível ser feliz, em qualquer circunstância…

Espero que consigam ler nas entrelinhas e ver além das imagens que posto, uma maneira de se estar aqui, por inteiro…e de se dar, por inteiro… Espero conseguir inspirar outras mulheres, mães como eu…

Mães de todas as cores e feitios, doentes ou não… Espero inspirar uma maternidade plena, de amor, de afetos, vínculos eternos…Espero inspirar a leveza na maternidade sem culpa, e descomplicar…Porque o amor e a boa vontade descomplicam tudo!

E é possível ser MÃE por inteiro, mesmo com o excesso de tarefas que nos são impostas na sociedade atual…

Porque oferecer tempo de qualidade aos nossos filhos é criar um ‘banco de boas memórias da infância’ que eles irão levar para a vida toda… e será esta a base mais sólida da educação deles, a maior herança que lhes poderemos deixar…

Os dias mais felizes da minha vida! 🙂

Vou iniciar esta nova ‘vertente’ do blog mostrando aqui os dias mais felizes da minha vida…Quando nasceram as minhas filhas eu ‘nasci’ mãe, e me senti a mulher mais linda, completa e feliz na face da Terra 🙂

E como não poderia ser diferente…escrevi 😀

O meu pai fez o mesmo para mim, antes de nascer escreveu-me uma carta, tenho-a até hoje, guardarei pra sempre!

Achei a idéia fantástica, sinto-me profundamente amada cada vez que a leio, e por isso, resolvi repetir – falar sobre os sentimentos antes do nascimento de um filho… Um ato de profundo amor e generosidade…

Escrevi uma carta de boas vindas à minha Giovana em 8 de setembro de 2007…Ela nasceu em 17 de setembro de 2007.

E para a Juliana escrevi no dia 19 de janeiro de 2010…Ela nasceu no dia 20 de janeiro de 2010.

Quando escrevi o meu objetivo era que elas soubessem cada pormenor da chegada delas em nossas vidas, e que soubessem o quanto foram amadas e esperadas por nós…

Entrem e fiquem à vontade…Inspirem-se, seja com as fotografias ou com as palavras…podem até nem ser as melhores, mas foram as minhas naquele momento especial…encontrem as vossas 😉

…existem mil maneiras de se dizer eu te amo, e eu descubro (todos os dias) amando e cuidando das minhas borboletinhas 😉

Enjoy! 😉

Clica 😉

Giovana

Juliana

Anúncios

One thought on “Ser Mãe de Borboletas

  1. Pingback: A Gentileza dos Pormenores | Mãe Borboleta

Gostou? Comenta ;)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s