Coisa de Mulherzinha :) (cabelos parte 2)


IMG_1831

Dia Internacional da Mulher!

E qual é a mulher que se preza que não acha importante ter os cabelos sempre lindos e arranjados?

“Coisa de Mulherzinha!” –diz a minha maninha pequena gigante Vivi 🙂


Eu tratei os meus sempre bem, gosto deles longos, sedosos e brilhantes…gosto dos enfeites, acessórios, adoro as conversinhas de salão de beleza, adoro experimentar novos produtos e os meus cabelos adoravam uma escova…

Algures num passado bem recente eu descobri que não sou o Sansão, e que por isso o que me move pra frente não é a força do meu cabelo, e sim a minha cabeça em si…o que tem dentro dela 😉

E foi assim, decidida e focada, que decidi não mais esperar que caísse fio por fio dos meus cabelos…Logo na primeira sessão de quimioterapia comecei a sentir os efeitos incómodos da alopecia…primeiro uma dor inexplicavelmente surreal no couro cabeludo, que fez-me lembrar um pouco da infância, quando a minha mãe, vaidosa, estava virada para os penteados…Prendia os cabelos em dois totós, tão bem presos, que nem um vendaval se atreveria a tirar do lugar um fio que fosse 😀 O resultado no fim do dia era sempre o mesmo: uma dor brutal no couro cabeludo 😛
Bem…Foi este o primeiro sintoma da queda…e foi horrível…passei uma noite sem dormir, com as dores incomodas e sem posição para estar deitada sem que doesse… :/ A partir daí via, dia após dia, os fios caindo, cada vez com mais volume…
O dia 7 de março! Sofrendo e dolorida por dentro precisei ‘gritar’… O meu grito – sereno – foi traduzido numa pequena tela, uma flor…as pétalas caindo…a vida e os seus intermináveis ciclos…Acabava de iniciar um – doloroso, mas ultrapassável!
Decidi copiar esta tela e oferecer as pessoas que estariam ao meu lado no dia em que cortaria de vez os cabelos, uma forma de agradecer este gesto de tanta solidariedade e generosidade…eu não estive sozinha…e eles fizeram sentir-me LINDA! 😀
IMG_1776 IMG_1822
Estavam comigo: Miki, as Borboletinhas, minha best friend Joana, minha sogrinha e a Carlinha, que ‘executou’ a triste tarefa…e eu sei que ela sofreu também…

E eu chorei por dentro…e sofri…sim…

Não vou dizer que foi fácil ver no chão aquilo que me ‘definia’ como mulher vaidosa – que sou!

Escolhi o dia da Mulher para iniciar este ciclo – como símbolo, para sentir-me ainda mais fortaleza – nós, mulheres, somos guerreiras desde a nascença…

… e se somos mães, viramos Samurais implacáveis! 😀

E, assim, foi fácil descobrir que, afinal, o que me define agora é muito maior do que a minha vaidade…

O que me define é o meu FOCO, o meu PROPÓSITO, o meu OBJETIVO!

E a minha matéria agora é feita de LUTA e eu só vou parar quando tudo isto terminar!

…E afinal de contas, que grande presente para o Dia da Mulher!

Amanhã de manhã vou acordar, vou me olhar no espelho, vou me achar LINDA e não vou ter que pentear os cabelos 😀

What a Happy Day! I’m Alive!!! 🙂

IMG_1787

Na mão da Juju: um acessório que era uma flor “para enfeitar a careca” 😀

IMG_1783

A Ju Recomendou à Carlinha: “Tens que cortar esta franjinha…” 🙂

IMG_1786

A Gio quis cortar ‘um pedacinho’

IMG_1829

Ela sabia que eu precisava daquele abracinho…Eu estava sorrindo por fora, mas meu coração estava aos pedaços junto com os meus cabelos no chão… 🙂

IMG_1837

As minhas Borboletinhas participaram de todo o processo com a alegria habitual! 😀

 

As minhas irmãs queridas reagiram assim à carequinha:

Resposta fofa da minha irmâ Viviane:

Minha querida irmã,

Nosso dia está sendo mais do que representado por você hoje! Por isso meus parabéns para a mulher linda, guerreira, maravilhosa e forte que se tornou.

Ontem fui a primeira a ver esta foto, e como você mesma escreveu não foi fácil porque sei dos seus cuidados com o seu cabelo e da sua vaidade, mas isso, como falei é coisa de “Mulherzinha” e você é uma gigante…

Quando a vi, adivinha quem veio logo na minha memória? Nosso pai querido! Achei você parecida com ele, não só pelo rosto e pela aparência, mas também pela força que ele tinha diante das intempéries da vida, sempre com um sorriso largo estampado no rosto… Ele nos ensinou a ser assim e de onde ele estiver estará orgulhoso de você minha irmã!

Eu te amo, te admiro! Serei sempre grata por tê-la em minha vida. Nossos laços são tão fortes que mesmo distante a sinto perto de mim, e se um dia tiver que voltar para este planeta peço à Deus que me dê novamente o privilégio de ser sua irmã mais uma vez, porque o meu amor por você não cabe somente em uma vida, ele é eterno!

Você com essa força mostra para todos que existem problemas muito pequenos que se tornam grandes para quem não sabe passar por eles com essa luz. Então, para quem reclama de tudo aí vai um motivo para reavaliar uma vida inteira.

Feliz dia das Mulheres Guerreiras!

Resposta fofa da minha irmã Vânia:

Esse é o exemplo de mulher que palavra nenhuma define por sua força, amor, alegria e doçura!! Se eu for pensar no que quero ser quando “crescer” (de dentro pra fora), é em você, minha irmã Vera Ximenes! Eu te admiro demais, sou sua fã de carteirinha e coração! Continuo aqui te desejando O MELHOR DE TUDO (lembra?!), inclusive de mim mesma pra que eu possa lhe dar. A “dona Saudade” ao invés de estar dolorida aí onde eu sugeri, tá doendo aqui… Saudade de tempos que passamos juntas e até dos tempos que não compartilhamos ou ainda nem vivemos! Um beijo, minha amada irmã!! Tô aqui!! Sempre e eternamente! 🙂

Anúncios

Gostou? Comenta ;)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s