Keep on Going

Hoje recebi uma enorme lição da minha Juju… E, contando inspirar outras vidas, resolvi partilhar aquilo que vai aqui por dentro… “…o trabalho dignifica o Homem!” …já dizia o Meu guru maior -o Meu pai! Tenho tentado voltar, reaprendendo tudo … Continuar a ler

Discursos de Lançamento – Drª Joana Mesquita (Psicóloga Clínica)

Memoria   Amar o perdido Deixa confundido Este coração.   Nada pode o olvido Contra o sem sentido Apelo do Não   As coisas tangíveis Tornam-se insensíveis À palma da mão.   Mas as coisas findas muito mais que lindas, … Continuar a ler

Lançamento Vovó Estrelinha

“O lançamento do livro Vovó Estrelinha aconteceu no sábado, dia 18 de fevereiro, na Livraria Bertrand no Fórum de Aveiro. Foi uma tarde de emoções com a sala cheia e uma apresentação com direito a detalhes e pormenores sobre como … Continuar a ler

Pijamas, Sorrisos e Histórias

“…São histórias de luta e determinação escritas por quem acabou de nascer, e por quem, geralmente, não abre mão da vida -em nenhuma hipótese…brigam pela vida como gente grande, e aprendem cedo demais o significado da palavra SOFRIMENTO.” Continuar a ler

Uma Carta

Aqui está ele, o meu pai… Parece uma prenda do destino, fazer-me encontrar esta carta nos meus guardados antigos…hoje, dia 30 de Setembro de 2016, dez anos depois do fatídico dia em que meu pai se transformou para sempre. Eu … Continuar a ler

Fim de Férias! Tempo de recomeçar…

Deixa lá esta depressão de lado! Recomeçar é bom, importante…Ninguém é feliz fazendo sempre a mesma coisa, ou de férias ou trabalhando…a virtude está na mudança, no crescimento… Para valorizarmos os momentos é necessário vivermos todos eles…O final do verão … Continuar a ler

A Dor é uma Ofensa

A dor parece uma ofensa à nossa integridade física Clarice Lispector Não senti-me sozinha, embora estive efetivamente sozinha durante muito tempo, ao longo do tratamento… Dar abertura aos amigos e familiares para que estes possam abraçar a nossa luta pela … Continuar a ler

Sonhos de Borboleta

   

Mães são Infinitas

E tão infinita será a nossa paciência e a nossa capacidade de perdoar os erros do passado, desculpando assim tudo o que a sociedade nos obriga a ‘engolir’ enquanto mulheres.

Ter um dia especial para comemorar a maternidade é uma boa oportunidade para refletirmos o que nos trouxe até aqui… tanta incoerência gerada através do papel que assumimos, ao longo do tempo, na sociedade…papel que nos obriga, muitas vezes, a exceder as nossas capacidades humanas.
Continuar a ler

Things To Do!

  Foi sorrindo que eu comecei o ano de 2015…   Cheia de esperança, de planos, sonhos, objetivos…Nunca pensei na quantidade de lágrimas que eu derramaria, nem pensei na tristeza da possibilidade de estar gravemente doente… Afinal, é assim que … Continuar a ler